cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing Dissertation Writing service Buy Dissertation Online Cheap dissertation writing Cheap dissertation writing cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap essay writing Essay Writing Service cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap dissertation writing cheap dissertation writing service cheap dissertation writing service cheap essay writing service cheap dissertation writing cheap dissertation writing cheap essay writing service cheap dissertation writing service cheap essay writing cheap essay writing service cheap essay writing cheap essay writing Professor da LC aprova 04 artigos no Fórum de Educação da principal conferência brasileira em Engenharia de Software | Licenciatura Plena em Computação

Professor da LC aprova 04 artigos no Fórum de Educação da principal conferência brasileira em Engenharia de Software

O IX Fórum de Educação em Engenharia de Software (FEES) visa a ser um espaço e um momento em que, por meio das publicações, apresentações e discussões das pesquisas e relatos de experiências, possamos como comunidade científica e educacional avançarmos no ensino-aprendizagem em Engenharia de Software, em particular no contexto brasileiro. O Fórum é um evento integrante do XXX Simpósio Brasileiro de Engenharia de Software (SBES 2016). O evento será realizado em Maringá-PR em Setembro.

Os artigos foram produzidos em parceria com alunos do Mestrado Profissional em Engenharia de Software, do CESAR EDU. Abaixo seguem os titulos e resumos:

Soft Skills Required! Uma Análise da Demanda por Competências Não-Técnicas de Profissionais para a Indústria de Software e Serviços

Cesar França (UFRPE), Diego Mellet (FBV/Devry)

Empresas de software buscam profissionais não apenas com conhecimento técnico mas também com habilidades não-técnicas (conhecidas como soft-skills). Com o objetivo de mapear as soft skills mais requeridas pelo mercado, analisamos 420 anúncios de empregos em empresas localizadas no Porto Digital, em Recife/PE. Nossos dados evidenciam a alta demanda por soft skills tais como fluência em língua inglesa, trabalho em equipe e proatividade. Uma análise mais aprofundada revela os requisitos mais demandados para diferentes perfis funcionais. Os resultados consistentes com outros estudos previamente reportados na literatura reforçam ainda mais a importância de alguns destes soft skills para a indústria de software.

 

Auto Percepção da Empregabilidade em Engenheiros de Software

Bruno Rocha (CESAR.EDU), Cesar França (UFRPE)

A frequente evolução tecnológica gera um efeito colateral no mundo do trabalho que é o constante risco de os Engenheiros de Software tornarem-se profissionais defasados. Com o objetivo de entender como os engenheiros interpretam a sua empregabilidade (atual e futura), conduzimos um survey com 106 programadores, analistas de sistemas e testadores brasileiros. Os resultados apontam que os menos experientes tendem a ser mais otimistas em relação ao futuro, mas os mais otimistas tendem a desconsiderar a influência de fatores externos sobre a sua empregabilidade. Estes resultados podem auxiliar tanto na melhoria da auto percepção dos próprios engenheiros, como também no aconselhamento e planejamento de carreira para os mesmos.

 

Obsolescência profissional em engenheiros de software: Uma revisão sistemática da literatura

Bruno Rocha (CESAR.EDU), Cesar França (UFRPE)

Neste trabalho foi apresentada uma revisão sistemática da literatura sobre a obsolescência em profissionais de tecnologia da informação (TI). Após uma busca em 438 artigos, foram identificados 20 estudos relevantes para o tema. E como resultado da pesquisa, foram coletados fatores que contribuem para a obsolescência e os estados que a antecedem; suas consequências, na visão da organização e do indivíduo; reações do indivíduo frente ao risco da obsolescência e como ele lida com a mesma; e por fim, ações individuais e conjuntas para mitigar o risco da obsolescência profissional.

 

Uma Investigação sobre Estilos de Aprendizagem e Hábitos de Estudo de Engenheiros de Software

Cesar França (UFRPE), Adson Cunha (UFPE), Dayan Adjarde (CESAR.EDU), Fagner Alan (CESAR.EDU)

Neste artigo, busca entender como engenheiros de software profissionais diferem em seus estilos de aprendizagem, e como estes estilos de aprendizagem se relacionam com os seus hábitos e práticas de estudo autônomo. Utilizando o VARK Questionnaire, realizamos um survey com 119 engenheiros no Brasil, e relatamos que existe uma tendência entre os participantes de preferirem fontes de conhecimento, respectivamente, cinestésicas (K), auriculares (A), visuais (V) e textuais (R). Além disso, os próprios engenheiros relatam que planejamento e concentração são elementos fundamentais para habilitar a aprendizagem no contexto industrial.