Aluno da LC premiado na Maratona Hacker

Durante o último final de semana, 27 e 28 de maio, foi realizada a Hackacity, Maratona Hacker internacional para o desenvolvimento de soluções com impacto positivo nas cidades, além de promover a colaboração interdisciplinar entre pessoas preocupadas com a cidade e seus habitantes. A maratona ocorreu simultaneamente em diversas localidades, como Porto(Portugal), Santander (Espanha), Amersfoort (Holanda) e Olinda/Recife no Brasil, e contou com apoio da Comissão Européia.

O aluno da LC Eduardo Costa integrou a equipe Live City, que ficou na segunda colocação com um projeto que integra automaticamente as atualizações relevantes nos dados abertos governamentais diretamente nas redes sociais, tornando-os mais acessíveis à população. A equipe foi formada também por Yelken Gonzalez, Ytalo Martins e Estefânio Silva. Eduardo é bolsista do Laboratório Dados Abertos Brasil, coordenado pelo professor do DEINFO Kellyton Brito, que participou como um dos mentores. 

A equipe premiada como melhor projeto desenvolvido foi a EVA, formada por outro integrante do Dados Abertos Brasil, Edvan Junior, aluno do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação - UFRPE (além de Simony Moura, Jorge Delgado, Wagner Palácio e Douglas Vasconcelos). O grupo desenvolveu um aplicativo para facilitar a denúncia de casos de violência contra a mulher em transportes coletivos, identificando automaticamente a localização, linha e número do ônibus, além de outras funcionalidades para a coibição e punição deste tipo de abuso.

Parabéns a todos! 

Maiores informações: www.hackacity.eu e www.facebook.com/hackacitybrasil.

Fonte: http://dadosabertosbr.org/2016/05/30/premio-hackacity/